Seja bem-vindo, visitante

Olá, Visitante. Chegou aqui, vindo sei lá de onde, quiçá cansado de tantas caminhadas e descaminhos. Pois bem, sente-se, relaxe e leia algumas destas coisinhas, vai ver que fica melhor... Um abraço da Felipa

domingo, 15 de julho de 2012

Blogagem coletiva - Amor aos pedaços


Reintegrar:
Voltar a incluir o amor na nossa vida.

Depois de tristezas, zangas, mal-entendidos, 
ciúmes ou outra coisa qualquer, 
o nosso coração fica machucado e sofre 
com a lembrança do que o magoou. 
Voltar a amar, perdoar, aceitar o outro, 
é reintegrar no nosso peito esse nobre sentimento, 
o AMOR.

Amemos, então. 
Integremos de novo o amor na nossa vida, 
saibamos viver com ele e sobretudo aprender a conhecer 
a pessoa que está por detrás do sentimento, 
aquela pessoa por quem o sentimos.

Porque reintegrar significa sobretudo aceitar,
e não subjugar o outro à nossa vontade.


Esta é a minha participação na blogagem coletiva  
AMOR AOS PEDAÇOS
promovida pelas blogueiras


Visite o blogue da Luma e saiba mais:

13 comentários:

Emanuel disse...

Enfim, acabou.
Acabou, mas como vivemos em círculos e espirais, encantamentos, desencantamentos, esperanças, se integram e reintegram em nosso cotidiano.
Vivemos. E sobrevivemos a tudo.
Obrigado pela participação. E sigamos em Conversas Cartomânticas.

Calu disse...

Preciosos conselhos Felipa.A reintegração completa passa pelos passos que vc destacou e está alicerçada no Amor maior.
Linda participação.
Bjos,
Calu

Adao Braga disse...

A reintegração é uma das alternativas que o amor dá a nós para que possamos nos relacionar melhor.

Ana Cristina disse...

ótima participaçao! bjo bjo

Miguel Afonso disse...

Reintegrar o amor no amor, reviver, voltar a apaixonar-se pela pessoa, vale a pena...

Maria Luiza disse...

Felipa, que bonitas palavras! Fique com Deus e que vc tenha uma grande semana. Grande abraço também para ti!

✿ chica disse...

Linda participação,Felipa!!beijos,chica

Luma Rosa disse...

A relação entre dois inteiros é bem melhor do que entre duas metades. A reintegração que nos faz íntegros, inteiros para recomeçar!!
Felipa, gostei muito do comentário que fez no "Luz" demonstrando que a blogagem lhe fez bem e que trouxe mais pessoas para o seu convívio virtual. É essa interatividade que os blogues diferenciam de outras ferramentas. Podemos nos expressar melhor e dentro dos comentários aprofundar a reflexão.
Obrigada pela participação! Ah e tem novidades vindo por aí...
Beijus,

RUTE disse...

Oi Felipa,
você tem o dom de, em poucas palavras dizer tanto.
Concordo com você, temos de aprender a aceitar o outro como ele é, sem querer moldá-lo ao que queremos que seja.
Perceber que cada corpo fisico tem um corpo emocional por detrás. É preciso, sentir as pessoas verdadeiramente.
Grata por ter estado conosco nestes 5 meses de blogagem. Foi uma roda de interação enriquecedora. Dêmos e recebemos amor.
Beijinhos.
Rute

Ailime disse...

Olá Felipa,
Lindo o seu conceito de reintegração.
Aceitar, aceitar e tentar entender...Não subjugar.É isto o amor feito dádiva.
Obrigada por tão rica partilha.
Bj
Ailime

Suelen Muniz disse...

Oi Felipa,
Ótimo post,porque amor não é querer fazer do outro algo que vive em função de nossas vontades,muito pelo contrário,é conhecer,descobrir,dividir a vida.
Dias de alegria,abraço,=)

Orvalho do Céu disse...

Olá, Felipa
"UMA GOTA DE ORVALHO NA BORDA DO CÂNTARO"

Extremamente cansada mas reintegrada... cheguei hoje da Missão...
Sou-lhe grata e a Deus por ter dado tudo certo.
Obrigada por termos chegado o fim da BCAP.

AMAR O OUTRO É RENUNCIAR POSSUÍ-LO, MESMO MORTO".
Abraços fraternos de paz

Bel Rech disse...

É aceitar...uma linda palavra que sempre deve estar frente a tudo que fazemos...
Paz e bem